• Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
Unindo forças por um IFSC melhor!

PESQUISA

Parte-se da premissa de que a pesquisa no IFSC deve ser voltada à formação integral do estudante e à permanência e êxito, sendo indissociável ao ensino e à extensão. A pesquisa deve contemplar o caráter: a) Educativo, objetivando contribuir para a formação intelectual do estudante, dos trabalhadores da educação e para aprimorar processos de ensino-aprendizagem; b) Investigativoaplicado, com vistas a estruturar conhecimento para fins de transferência de tecnologia; c) Investigativoexploratório, objetivando a abertura de novas linhas de pesquisa e projetos estratégicos de futuro. Visando contemplar os aspectos acima mencionados e partindo-se da perspectiva de integração e autonomia entre os câmpus e a reitoria, propõem-se os seguintes compromissos.

1 Ampliação da participação da comunidade na pesquisa e na pós-graduação.

 

  • Promover a participação efetiva da comunidade acadêmica na concepção das políticas de pesquisa da instituição.

  • Estimular a pesquisa nas diferentes áreas do conhecimento, modalidades e cursos ofertados pelo IFSC.

  • Buscar a ampliação dos recursos financeiros destinados à pesquisa, visando o aumento do número de pesquisadores na instituição.

  • Aprimorar o processo de análise para a seleção de novos projetos de pesquisa.

  • Discutir coletivamente a oferta e o fortalecimento de cursos de pós-graduação lato e stricto sensu.

  • Viabilizar a participação dos técnicos-administrativos nos editais de pesquisa.

  • Fomentar e ampliar a política de intercâmbio estudantil.

  • Aprimorar os editais de participação em eventos científicos e de afastamento para mestrado, doutorado e pós-doutorado.

  • Fortalecer as equipes de competição por meio da prospecção de fontes de fomento e organização de editais públicos.

  • Proporcionar um ambiente favorável para discussão das diretrizes para a pesquisa, pós-graduação e inovação nos fóruns coletivos e deliberativos.

 

 

2 Integração entre as atividades de pesquisa, de ensino e de extensão.

 

  • Aprimorar a utilização do Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (SIGAA) como ferramenta de gestão das atividades de pesquisa, simplificando os trâmites administrativos para a execução dos projetos.

  • Fomentar a integração das atividades de pesquisa com as atividades de ensino e de extensão, com ações voltadas ao desenvolvimento regional sustentável e ao fortalecimento dos arranjos produtivos, sociais e culturais locais.

  • Atuar de forma articulada ao ensino e à extensão na elaboração conjunta de editais de fomento.

 

 

3 Incentivo à publicação técnico-científica e divulgação da produção da pesquisa.

 

  • Estimular as publicações de revistas institucionais.

  • Ampliar a publicação online de livros, materiais didáticos e outras produções dos trabalhadores da educação e estudantes.

  • Criar um banco acessível ao público interno e externo de artigos científicos resultantes de projetos de pesquisa e inovação tecnológica e de trabalhos de conclusão de cursos de pós-graduação lato e stricto sensu produzidos pela comunidade do IFSC.

  • Atualizar periodicamente os dados referentes à produção técnico-científica dos grupos de pesquisa, melhorando o processo de avaliação desses, bem como a apresentação de seus resultados.

 

 

4 Promoção da inovação e da transferência de tecnologia.

 

  • Estimular a realização de projetos de pesquisas interinstitucionais, com empresas, organizações da sociedade civil e movimentos sociais.

  • Fortalecer o Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT), simplificando seus trâmites administrativos e aprimorando suas práticas em articulação com os câmpus, visando incentivar a inovação e difusão do conhecimento.

  • Capacitar continuamente os trabalhadores da educação e estudantes do IFSC em assuntos relacionados à propriedade intelectual e à transferência de tecnologia.

  • Apoiar os câmpus na implementação de ações voltadas ao desenvolvimento tecnológico e inovação em articulação com os arranjos produtivos locais e regionais.

  • Tornar permanente e integrado ao ensino os eventos, como Prêmio IFSC de Inovação e as Olimpíadas e competições, entre elas Robótica, Matemática, Física, Barco Solar, Carro Elétrico, História, Geografia e outras temáticas.